terça-feira, 31 de agosto de 2010

fim do mês

Os preços andam sempre a aumentar, principalmente os do supermercado. O pão está mais caro. Os iogurtes. A fruta. Os congelados. Os sumos. Até a carne de frango que era sempre baratinha, aumentou. Quando se vai a pagar, algumas vezes chego a ter 3 dígitos à esquerda vírgula [e vivo sozinha, atenção]. Basta fazer uma extravagância e comprar o último champô ou um creme melhorzito para o corpo, ou um bacalhau com um super aspecto para acompanhar com um camarão numa receita deliciosa, para os preços estoirarem. Pois é, isto de gerir uma casa tem muito que se lhe diga. As despesas vão pesando no lombo e acabamos todos como a tartaruga da imagem. Só com a cabecinha de fora. Ufasss.  

pequeno mas poderoso

É a única coisa que espero que sejas - pequeno mas muito poderoso. 48 euros ainda é dinheiro por 30 [miseráveis] ml de embalagem. Vamos lá ver se consigo combater esta estúpida mancha que resolveu juntar-se às sardas.


Clinique Even Better Clinical Dark Spot Corrector
Serum - 30 ml

By the way, essa foi a minha primeira preocupação. As minhas sardas! Não desaparecem nem atenuam, pois não? Não.

ctrl +

É tudo uma questão de controlar os atalhos.

funciona mesmo *i


Infelizmente, não são muitas as coisas que são realmente tão boas como as marcas as pintam. É por isso que eu tenho uma lista muito pequena de coisas que são realmente boas e que funcionam mesmo, ou seja, coisas que uso e que fico mesmo satisfeita com o resultado.

O novo creme gordo da Vasenol é um deles. Hidrata mesmo. Os meus pezinhos, que com a praia e tanta sandália rasa, andavam completamente desérticos, voltaram a ganhar o bom aspecto e suavidade de sempre. Para além disso, tenho posto sempre nos joelhos e cotovelos. De manhã depois do banho e à noite antes de deitar. Ui, nem vos conto os airosos que eles andam.

Comprei no Continente por 9,90 Euros.

segunda-feira, 30 de agosto de 2010

tango de buenos aires


Ontem vi na televisão um show de tango. Não tão genial mas fez-me lembrar as mais de 3h de espectáculo que tive o imenso prazer de assistir ao vivo, quando estive em Buenos Aires. É uma cidade que quero voltar. Não tenho dúvidas disso.

boas ideias *ii

Já não é uma completa novidade mas é sempre bom relembrar que há grandes ideias para coisas tão simples.

a fotografia é um dom


e já é bem bom


Para muitas mulheres, basta que o marido, namorado, amante, companheiro, o que for, não lhes faça alguma coisa. Por exemplo: basta que não lhes desarrume a casa, não lhes ponha a roupa no chão, não chegue a casa às tantas, não lhes bata, não as maltrate, enfim… há um sem-fim de coisas que só de falar nelas já me irrita.

Espanta-me como é que há mulheres que se contentam pelo facto dos maridos não serem tão beras como eram no século passado. Esta subserviência enerva-me e deixa-me virada do avesso.

Não me parece muito exigir que a pessoa que amamos e que escolhemos viver o resto da vida não se limite a não fazer alguma coisa. Essa pessoa não nos deve servir apenas para “não dar trabalho”. Tem que nos dar muito mais além da conta. Tem que nos fazer transbordar todos os dias um bocadinho. Só assim conseguimos viver apaixonadas o máximo de tempo possível.

O diálogo da imagem é muito mais do que esta mensagem, eu sei, mas fez-me reflectir sobre a quantidade de pessoas que vivem assim. Conformadas com aquilo que têm. Com a resposta do “e já é bem bom” sempre pronta. Quero acreditar que são apenas pontos de viragem, porque no fundo, no fundo, todas queremos que a pessoa que amamos nos faça rir muito e que o chorar seja sempre em conjunto. Nunca sozinhas.

já acabei


Passado 1 mês e alguns dias acabo o livro que me acompanhou diariamente nas viagens de comboio - Os Olhos Amarelos dos Crocodilos. Não sou daquelas pessoas que engole os livros. Eu gosto de lê-los com calma, saboreá-los, voltar atrás sempre que me distraio com outra coisa qualquer e, a juntar a isso, não sou muito rápida a ler. Não leio livros em "Z" nem avanço se não percebi tudo. Para isso já me bastam os e-mails do trabalho e os apontamentos da faculdade que lia em velocidade torpedo. Os livros não. Ler livros não é uma tarefa, é um prazer.

Claro que não vou dar a minha opinião detalhada sobre o livro mas tal como me pediste, eu dou 9. E sabes porque não dou 10? Porque o demais surge sempre como de mais [será que esta alteração está no novo acordo ortográfico? É que já me começo a pôr em dúvida], por isso o -1 vai para o senhor Carlos Aboim de Brito. De resto, a história é fluída, sem ser demasiado descritiva e, como é feita por várias histórias, é difícil alguém se perder. Eu gostei. Muito.

ps - alguém sabe quando sai o 2º volume? 

lento lentinho

Hoje não funciona mesmo...


... ainda sob o efeito do Atarax de ontem à noite. Maldita alergia.

sábado, 28 de agosto de 2010

ily



hã? como foi que disse?


Quer dizer, uma pessoa fica mega contente porque finalmente conseguiu, ao fim de 5 penosos anos, pagar o carro todo. Não falhou uma única prestação e nunca teve que pedir emprestado [sim sim, porque comecei a pagá-lo ainda era trabalhadora-estudante], e depois recebe uma carta da locadora, essa desgraçada, bandida, maldita, vagabunda, hija de puta [em estrangeiro não é asneira] a dizer que para passar o veículo para meu nome, espera-me uma brincadeira de 180,01Euros. O que é isto, pá? Vão roubar prò raio que vos parta.

bom fds


Hoje e amanhã esperam-se temperaturas em que só apetece estar junto à água com uma brisa fresca. Bom fds.

sexta-feira, 27 de agosto de 2010

oh bronze, volta para mim

Tenho ido tão pouco à praia que quase todo o bronze captado do sol das Caraíbas, está prestes a abandonar-me. Acho que isto merece um fim-de-semana de praia. Ah pois merece merece.

o efeito amígdala


Se há coisa que esta menina não gosta nem um bocadinho é de tomates. Cozinhados ainda vão mas crus, é que nem pensar. Os tomates amargam-me na boca e provocam em mim um fenómeno da minha autoria - o efeito amígdala.

E o que é o efeito amígdala? - perguntam vocês.

O efeito amígdala é o que eu chamo aquela sensação horrível que sentimos quando engolimos algo que chega a arrepiar os pelinhos mais recônditos do nosso corpinho. Aquela careta feia que fazemos quando algo é tão amargo ou tão ácido ou tão azedo, que até fechamos um dos olhos porque o outro está cheio de lágrimas de sofrimento. Esse é o efeito amígdala.

it's friday



Obaaaaa :)
E é dia de São Receber!

adoro

Adoro acordar contigo.


Adoro. Adoro. Adoro.

quinta-feira, 26 de agosto de 2010

simples e sincero


Com todo o meu pensamento, alma e coração.

a união faz a força



boas ideias *i

Há ideias absolutamente espectaculares.

m&c

Não faz a nossa cara mas só pelas letrinhas tinha a sua piada.


Digam lá que não era o máximo chegarem a um hotel top of the pop e terem a inicial do vosso nome bordada na almofada? Sei que isto já existe com os roupões mas assim nas almofadas decorativas nunca vi. Não custava muito e os clientes sempre abriam um sorriso pelo serviço personalizado.

de hoje não passa


Tenho que tratar da impressão das minhas fotos através do tal site que a proteste aconselha.
Que preguiçosa, pá! Nem pareço eu… que sou uma excitada por fotos.

quarta-feira, 25 de agosto de 2010

great ideas



nouvelle vague


Este é o verniz de que tanto se fala. Já o vi nas mãos de uma transeunte e gostei. Não fossem os vernizes da Chanel custarem uma pequena fortuna e até comprava para experimentar. O problema é comprar e depois detestar ver nas minhas mãos. Por agora, Nouvelle Vague só no meu iPod.

Nouvelle Vague - Blue Monday

os beijos


Ora aqui está um tema que muito varia de mulher para mulher. É já sabido que beijar é bom. Os beijos carregados de sentimento são irresistíveis e deixam-nos a flutuar e os que transpiram paixão por todos os poros deixam-nos a transbordar de desejo.

Beijar é bom e faz bem à saúde.

Porém, cada pessoa é uma pessoa e, nem toda a gente gosta dos beijos nos mesmos sítios. Neste artigo do ionline, fala-se de beijos no pescoço, nariz, orelhas, pálpebras, queixo, testa, coxas e por aí abaixo… ou acima. No entanto, diz-nos uma coisa muito importante… nada de lambidelas no rosto!!! OK?!!! Eu não conheço uma mulher que goste... uma que seja.  Ploamordedeus.

terça-feira, 24 de agosto de 2010

elle

Elle - Setembro 2010 - Julia Roberts

Há mulheres que, na minha opinião, não são estrondosamente belas mas têm uma forma de estar e uma beleza tão próprias que as torna irresistíveis. A Julia é uma delas.

segunda-feira, 23 de agosto de 2010

só o tempo cura

Um coração destroçado precisa é de tempo para se recompor...


... e não uma série de remendos temporários que, mais tarde ou mais cedo, vão esgaçar.

arte de rua

Onde estão estas pinturas que eu nunca vi? Não sou muito a favor deste tipo de actos de vandalismo, mas isto é brutal! Fogo.

Claro está que preferia que o prédio estivesse habitado e todo arranjadinho e eu com uma casinha lá... com o último andar e as águas furtadas.






:)


Este fim-de-semana estive tão rodeada de crianças que tudo é giro, querido e fofinho. 
Boa semana. :)

sexta-feira, 20 de agosto de 2010

fds de manos


Este fim-de-semana vai ser só de manos.
Espera-nos muitos gelados, muitos mergulhos e muitas outras coisas boas.
São os manos joya :)

viajar

Partilhamos a mesma paixão por viajar.


Pena a conta bancária não acompanhar esta paixão.

quinta-feira, 19 de agosto de 2010

40 graus

Hoje abandonei os meus vernizes preferidos - os Risqué - e experimentei um novo que a Yara guarda numa caixinha só para clientes especiais. Desta vez, apetecia-me um encarnado que não fosse muito formal. Queria um que fosse aberto, com muita cor, quase a atirar para o berrante mas sem ser escandaloso [segunda-feira tenho uma viagem de trabalho e não me posso esticar]. Quase sem me deixar acabar de explicar, disse-me no seu brasileiro aportuguesado. É o 40 graus!




Giro giro mas giro.

dia de desbaste


É por isso que hoje é dia de ir à navalha.

meio cheio, claro

quarta-feira, 18 de agosto de 2010

servem para tudo

Os verdadeiros amigos têm vários braços como este.


E estão sempre disponíveis quando precisamos.

china na caixa


Sempre gostei de comida chinesa. Quando rebentou aquela mega polémica, reduzi drasticamente o número de vezes que ia buscar o belo do chao min e do shop suey. Gosto do ritual de comer com pauzinhos. É por isso que, enquanto o H3 não chega ao Parque das Nações, é bom saber que vai abrir um take away de comida chinesa com as típicas embalagens a fazer lembrar os filmes. Óptimas para levar e almoçar junto ao rio.

bad mood

Hoje precisava de ter um saco destes para que ninguém reparasse na minha má cara...


... hoje não estou fixe.

desculpem lá


A todas as pessoas que acham estas imagens super hiper mega fofas e que se desfazem em lamechices, a essas as minhas sinceras desculpas mas animais na cama de pessoas... no way!

as férias


Gosto mesmo de andar de comboio quando estamos nas férias escolares. Principalmente de manhã. É um sossego.